sexta-feira, 26 de junho de 2009

Michael Jackson we will miss you!

Ninguém esperava a morte do Rei do Pop, Michael Jackson morreu ontem depois de uma parada cardio-respiratória. Ele, que encantou diversas gerações, suas coreografias eram sempre inovadoras e inconfundíveis seu vocal maravilhava a todos, começou a trabalhar aos 7 anos com o grupo Jackson 5 mas logo se destacou no grupo e seguiu carreira solo.
Em 88 comprou a propriedade batizada de "Neverland" (Terra do Nunca) onde construiu um parque de diversões para crianças carentes, sendo em 5 anos depois acusado de abusar sexualmente de uma das crianças que frequentava o parque. (acusações como essas o perseguirão diante da justiça americana até que em 2005 foi absorvido )
Michael, dividia com a mídia seu talento, suas perdas e sofrimento, isso custou sua liberdade. Como Rev. Al Sharpton disse "É impressionante quantas pessoas estão emocionadas agora, que não chegavam perto dele e condenavam-no à pouco" mas uma coisa todos sabemos, o mundo agora é órfão. "É como se perdessemos alguém da família" disse uma mulher aos telejornais.

Um dia antes de morrer, Jackson ensaiava para os shows, que começariam em 13 de julho e com toda a certeza marcaria o grande retorno do Rei do Pop... a casa de shows inglesa já declarou que vai devolver o dinheiro de todos os ingressos (mas alguns clientes já declararam que preferem ficar com os ingressos)


Michael deixou 100 músicas inéditas.



"O mundo perdeu um dos maiores, mas sua música vai viver para sempre", Madonna para a CNN

"Ele era uma força incrivelmente dinâmica que não podia ser subestimada.
Quando ele usava-a para algo bom, era o melhor e quando ele usava para o mal, era muito, MUITO mal.
Mediocridade era um conceito que nem por um segundo estraria no ser de Michael ou em suas ações.
Eu fiquei muito doente e emocionalmente / espiritualmente exausta na minha batalha para salvá-lo do comportamento auto-destrutivo certeiro e dos horríveis vampiros e sanguessugas que ele sempre conseguia atrair em torno de si." trecho da carta aberta de Lisa Marie Presley

Nenhum comentário: