terça-feira, 2 de novembro de 2010

Carta Aberta ao Especial Caras Fashion


Sim, eu sou uma consumidora consciente e passo e-mails as empresas!
Quem se lembra da minha Carta Aberta a Vogue Brasil?

Pois bem, dessa vez a edição especial da Caras Fashion (revista que eu adorei a primeira edição) "se abriu", literalmente, em minhas mãos...

Segue a mensagem que enviei as edições especiais caras.

Me encantei com o primeiro trabalho do Especial Caras Fashion, sua estrutura e conteúdo superaram a revista concorrente no gênero, que se perdeu um pouco quanto ao seu objetivo. E quando agente gosta de um experiência, quer mais é repeti-la. Então não é de se estranhar ter adquirido a segunda edição que engloba as coleções de primavera-verão 2010/2011. Mas qual é a minha surpresa quando abrindo a revista as folhas se desprendem. Da segunda página (propaganda de automóvel) até aproximadamente a página 127 folhas soltas e algumas ainda levemente coladas umas as outras soltam-se da capa.

O processo de encadernação de uma revista ou livro não é uma coisa simples, aprendi isso - em especial - por estar pagando uma cadeira destinada a essa atividade na faculdade. Então acredito ser importante relatar o meu problema. Afinal, pagar R$14,90 em uma revista e ao rasgar o seu plástico protetor ver ela "se esmiuçar" em suas mãos não é algo que nenhum consumidor quer, muito menos eu. Espero que com esta mensagem atentar a redação para o trabalho final da revista que inclui sim, uma preocupação especial com a qualidade de sua encadernação.




Espero ansiosamente uma resposta.

Nenhum comentário: