quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Tron - O Legado

Com coreografias espetaculares, a seqüência do filme dos anos 80 (veja o trailer), Tron encanta por trazer novamente a temática de, literalmente, "entrar no video game"

Ontem, depois de um dia e tanto fui com meu namorado assistir o filme 3D em uma das salas adaptadas da cidade. O filme da Disney encanta pela shape futurista, mas mostra que um filme não pode depender apenas de seus rostinhos bonitos e seus aparatos tecnológicos. Com o roteiro pouco trabalhado, e partes muito monótonas, Tron poderia fazer ainda mais sucesso se investisse mais em uma história bem elaborada sem cair em clichês. No meu caso, senti muita falta de uma teorização (física quântica mesmo!) para a materialização do real para o virtual e vice-versa, pontos de explicação que prenderiam mais o espectador e o transportariam melhor para a narrativa.


Lógico, não tem como não apontar Tron - O Legado, como um fenômeno, em especial no Estados Unidos que a febre atingiu inclusive revistas como a Play Boy que fez até um ensaio especial por conta do filme. Sua proposta é boa e rende uma boa ida ao cinema, mas que poderia ser melhor, sim poderia. Mas como o meu amor disse: "é da Disney"... Então se é da Disney agente perdoa, mas pede para no próximo ter mais cuidado.

Curiosidade: O Jeff Brigdges faz o mesmo papel nos dois filmes! E reparem nas roupas dele (no jogo), que são as melhores do filme.

Quer ver o filme de 1982? Eu achei no Youtube, dividido, com legendas em inglês! (clica!)
Não preciso dizer pra ninguém reparar na trilha sonora de Daft Punk, não, né? (impecável, e ainda fazem uma pontinha no filme)

Nenhum comentário: