quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Para gostar (ainda mais) de ler

Pegar um livro de capa-dura para ler (sendo ele novo) é uma sensação rara hoje em dia. 
A maioria dos livros são editados em brochura (tipo um folheto - assim), que custa mais barato à elas e ao consumidor final. Não é a toa que quando editoras lançam coleções de clássicos em capa-dura eu me animo tanto (ainda mais com preços mais acessíveis) . Admito que a realidade do mercado editorial brasileiro não parece ser fácil; ter um bom livro em casa custa caro. Ir a sebos é uma opção (olá , estante virtual!), e vez ou outra ainda encontro uma boa promoção na Internet (em brochura). Mas é sempre importante prestar atenção a tradução e adaptações (especialmente aos clássicos) o cuidado com isso na hora de escolher o livro pode mudar toda a sua leitura. Bom, muda a minha, comprei certa vez uma edição de Metamorfose de Kafka que pra economizar folhas transformou o texto em duas colunas por páginas o que transformou minha leitura em uma tortura de "nunca vou virar a folha". Ainda hoje não terminei o livro e sonho em comprar uma outra edição para dar uma nova chance ao Kafka (eu sei que a culpa não foi dele).

Qual é a sua próxima leitura?


Essa foi a imagem que me inspirou para escrever esse post. Diretamente da Etsy, dessa lojinha linda, uma obra de arte disfarçada de marcador de páginas, hehehe... Lindo, lindo, lindo.

Leitura do Momento: Xerox, mais xerox.... Paulo Freire (para faculdade - Didática) e O Príncipe Feliz e outras contos de Oscar Wilde - que comprei por R$7 (em brochura) na feira de livros que teve no Paço Alfândega em uma barraquinha do Sebo "Federal Livros" do Sr. Jarbas.

Ps.: "Para Gostar de Ler" é uma coleção da editora Ática cujo um dos livros de crônicas cheguei a ler, acredito que, lá pela minha 6ª série... (A coleção cresceu e sofreu alteração no design, está mais bonita, vejam!)

Nenhum comentário: