domingo, 2 de outubro de 2011

Perspectivas do Quadrinho Nacional


Domingo acaba se revelando um dia para a leitura - as manhãs para ser mais específica, após o almoço bate aquela dor "putz, não fiz nada para a faculdade" e vou digitar alguma resenha ou cosia do tipo. Foi assim que encontrei um texto muito interessante do Leandro Caracciolo publicado no 1º de Abril deste ano no blog do Nanquim na Unha.

Ele resolve dar um "tapa na cara" no cenário do quadrinho nacional, onde para ele tem muita lamúria e reclamação de um mercado não reconhecido e pouco espaço. Trata da visão infantilizada que temos dos quadrinhos em nosso país (como assim, Manara ser colocado em meio as pratilheiras do infanto-juvenil?!), da necessidade de nossos ilustradores de apenas ver as grandes empresas do quadrinho (DC, Marvel, etc) e especialmente do perceber o que o leitor quer...

"Ninguém quer ler sua história revolting cocks de moleque. Ninguém quer ler sobre o sentimento de revolta contra uma ditadura que já terminou nos anos oitenta, nem sobre a paunocuzisse intelectual da Vila Madalena ou mais uma versão cover de um herói da Marvel ou DC (afinal, se eu posso ler o original, pra que vou querer a cópia?)."

Percebe que o falta no quadrinho brasileiro não é técnica, é roteiro. Fixam-se apenas na estética, no mundo visual e esquecem de para um quadrinho ser completo é necessário uma boa história, as pessoas pedem uma boa história!
Mostra que opções de caminhos já estão aí, falta ação (e leitura). Vamos pegar os bons exemplos, vamos observar e estudar o que os caras estão fazendo e pensar em idéias novas (vejam o vídeo que postei aqui).
A culpa? A culpa é dividida, não aponta a sociedade ou as livrarias em sua ignorância, mas os próprios ilustradores, roteiristas, editores, todos aqueles que trabalham com quadrinhos no Brasil que até agora não conseguiram mudar este quadro.
Graúna

Henfil pode ser um bom exemplo do quadrinho nacional que soube aderir suas críticas e o que os leitores queriam mas vamos lembrar que mesmo sendo uma fórmula que deu certo, provavelmente não se aplica as grande  massa dos leitores de hoje, vamos pensar juntos?

Vale a pena dar uma lida e parar para refletir: Um Retumbante Tapa na Cara do Quadrinho Nacional

 Bom início de semana para todos!

Nenhum comentário: