quinta-feira, 31 de maio de 2012

Ah... infância...


Infância? O que é infância? Criança? Isso existe? 
(Você deve estar falando dos micro-adultos, né?) 
Agora o pessoal já nasce "adultescido" com crises de adolescente, se puder, até os 100 anos... ai... ai...


#ficadica do curta A Invenção da Infância 
Afinal, ser criança não significa ter infância.

(Todos os créditos da tirinha ao Will Leite)

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Turtle by ROA!



Valparaiso-(CHL)


Valparaiso - Chile

Os grafites do belga ROA! são animais posicionados em ambientes diversos e inusitados. Vale a pena dar uma olhada no seu trabalho. Este em especial me chamou atenção não apenas pelo animal em si, mas por toda composição da foto. (Faz agente se questionar um pouco sobre o aproveitamento de nossos espaços urbanos, não?)

Gostou? O site FatCap já entrevistou ele: (clica!)
"Best books: The illustration version of the "On the Origin of Speces" I read books when I am on the train, in waiting areas, when I am sleeping alone, …
At the moment I am reading Mary Shelley’s Frankenstein!"

("conheci" no streetsy)

terça-feira, 22 de maio de 2012

Do you belive in Magic?


You know what the issue is with this world?


 Everyone wants a magical solution for their problem, 
and everyone refuses to believe in magic.

Once Upon a Time 1 x 17

sábado, 19 de maio de 2012

Once Upon a Time ♥



Fazia tempo que eu não acompanhava com tanto afinco um seriado
Once Upon a Time chegou em um momento bem oportuno, eu havia decidido acompanhar ao menos um seriado desde seu início (depois de várias tentativas frustradas de alcançar Gossip Girl e Dexter)

Misturar o universo "infantil" das fábulas com o mundo real já é uma tendência de mais de cinco anos, e... porque não um seriado em que a Bruxa Má envia todos os personagens para um mundo (sem magia) eles não tenham um final feliz e não se lembrariam de nada? A ideia é boa, vamos parar para ver... Não vou mentir, nos primeiros episódios achei a série mal explorada (bem "cuén"), mas resolvi esperar um pouco para ver no que iria dar... e realmente não me arrependo de ter dado uma chance a Emma, Mary Margaret, Regina, Henry, Mr. Gold e companhia. Personagens que em teoria eu deveria adorar, acabava por "odiar" (Prince Chamgin is sooo boring), e personagens que eu deveria odiar, simplesmente achava o máximo (Rumplestilskin!). Momentos de reflexão, momentos de alegria, drama e romance... Muitas vezes você conseguia ver na série questionamentos sobre nossa vida pós-moderna. Com um elenco encantador (e devo comentar que o figurino lindo!) toda a primeira temporada de Once Upon a Time foi uma delícia, me deixando com vontade de "quero mais", afinal... faltam tantas coisas ainda a serem trabalhadas, tantas fábulas, tantas novas aventuras...

Espero ansiosamente a segunda temporada!

domingo, 13 de maio de 2012

Feliz Dia das Mães! + Pixar


Com mais um vídeo de Brave, novo filme da Pixar - ainda não lançado, a uma das melhores empresas de animação deseja um Feliz dia das Mães. Vocês já programaram o que vão fazer com suas mães hoje?

sábado, 12 de maio de 2012

Vamos...

...transformar nossas paisagens urbanas cinzas em um ambiente cheio de cor? (Imagina você do alto do prédio que você trabalha olhar para baixo e ver no chão uma pintura sendo feita?)


Apenas cuidado para não pintar a faixa de pedestres junto, ok?

(from)

quinta-feira, 10 de maio de 2012

Sorry, BUT...

 
"Eu falei.", "Tá vendo?!", "Por que raios você não me escutou?", eu pareço ser chata quando falo isso, mas vamos ver... olhando para trás, eu não já havia tentado contornar todos estes problemas antes mesmo deles pensarem em aparecer? Ou melhor, eu não queria que eles surgissem! Então antes de dizer qualquer coisa, me escute mais, escute mais o outro. Você pode aprender muito com isso.
 
Beijo para você e todos os vocês que fingem me escutar,
mas... I did tell you, but did you listen?

terça-feira, 8 de maio de 2012

Maurice Sendak

Sinceramente, o trabalho de Maurice Sendak não fez parte de minha infânica e foi difícil para mim, ja adulta apreciar ao todo o seu principal livro. Comprei o Where the wild things are no original  na mesma época em que lançaram o filme, mesmo sem "sentir" o livro ao todo me encantaram as ilustrações. 
Vendo o filme (de 2009) também foi um pouco difícil curti-lo. Foi na segunda vez que aceitei mais por completo o trabalho psicológico dele, mas ainda sim, acho que alguém que o tenha como referências infantis maiores possa fazer um maior "proveito" dele.
 Mesmo sem ter "curtido" o momento de Maurice posso dizer que a literatura infantil perde um pouco com sua ausencia. É triste perceber que os livros para crianças estão aos poucos ficando mais abobados - lembrem-se que C.S. Lewis escreveu as Crônicas de Nárnia para crianças! - e Sendak não se enquadrava no perfil.

RIP Maurice Sendak.

"Oh please don’t go. We love you so. We’ll eat you up."

sexta-feira, 4 de maio de 2012

(Suspiro)

Sabe quando você visualiza um próximo semestre sem tantos problemas, com projetos a serem executados (ao menos uns dois ou três) e um pouco de tempo só para você?



Pois é isso que está me dando forças agora (e dar aulas, embora acredite que de outra forma possa ser um processo bem mais tranquilo). É isso que me faz engolir um sapo ou outro, com meus devidos momentos de pânico ou de revolta. Tá difícil, mas eu tenho pessoas que me ajudam, eu visualizo um futuro mais bonito e colorido ao final de um túnel úmido e cheio de buracos (que literalmente aparecem do nada).

Penso cada dia mais em ao final desta etapa, juntar um dinheirinho só meu... e ir em uma viajem só minha...
fazer um curso em outra cidade, moldar um pouco minha jornada de uma maneira diferente do pânico e dor que sinto hoje. Não, não estou falando de me encontrar espiritualmente, ir a um ashram... mas não reclamaria de um mês de comilança na linda Itália (um mês é uma coisa estratosfericamente impossível diante de minhas finanças hoje) com direito a muitas caminhadas pelas cidades e idas a museus (daria um livro totalmente diferente daquele da Liss Gilbert. Mas assim que tem que ser. É a minha jornada.).

imagem: tumblr