sábado, 16 de fevereiro de 2013

Anna Karenina - O que é o Amor?


"Eu acho — disse Ana, brincando com uma das luvas — que se é verdade que cada cabeça cada sentença, há de haver tantas maneiras de amar quantos os corações."
Anna Karenina - Liev Tolstoi


Anna Karenina é um romance social e psicológico do escritor russo Liev Tolstoi (1828-1910), passado na Russia Czarista que tanto tentava emular os modos franceses. Em meio ao ambiente aristocrático de São Petersburgo e Moscou nos é apresentada a personagem principal, Anna, que mesmo aparentando ter tudo (um filho querido, bem casada com um homem importante para seu país, bela e rica) parece vazia por dentro até que cruza por sua história o Conde Vronsky transformando não apenas a sua vida mas de todos da trama. Karenina trata não apenas da discussão central sobre amor e paixão (palavra que não me lembro de ser citada no filme), mas há toda uma tratado social entorno do drama e, obviamente, um princípio de discussão a respeito da luta de classes.

Falar do elenco de Anna Karenina é quase chover no molhado, personagens clássicos parecem ser escritos para Keira Knightley que sabe misturar inocência, nobreza e malícia como poucas atrizes. O diretor Joe Wright, conhecido por filmes fantásticos como O Solista, Desejo e Reparação e Orgulho e Preconceito, opta por um fantástico trabalho de coreografia e fotografia para narrar ao público uma das crônicas sociais de costumes mais incríveis de todos os tempos.
E se eu lhe disser que o filme foi em grande parte filmado em um teatro abandonado? (Acreditarias?) Elementos teatrais e montagens de ligações entre as cenas juntamente com a coreografia de Sidi Larbi Cherkaoui (transforma o filme em balé), maquiagem e figurino impecáveis fazem Anna Karenina um filme não apenas para ser visto, mas à ser apreciado.


- Devo admitir que meus olhos se recaíram sobre o personagem Kosnstantin Levin do irlandês Domhanall Gleeson que tem como missão no filme mostrar o amor puro. Levin é um personagem daqueles que nos encanta por sua leveza e pensamentos claros, seu figurino é especial pois mostra um pouco dos vários mundos que era a Rússia, dos mujiques aos salões de baile. Repare bem nas cenas dedicadas a ele.



Nenhum comentário: